Trabalho Infantil

Agora sim estou bem, com meu cafezinho de lado as coisas realmente melhoram...

Para quem mora em Aracaju sabe o que acontece na Avenida Barão de Maruim, eu estou falando dos vendedores de balinhas supra-sumo... Bom, até ai nada de mais, o que tem de mais vender balinhas supra-sumo. Pois bem, o que realmente é assustador é que CRIANÇAS, MUITAS CRIANÇAS vendem balinhas dentro dos ônibus. Para que você entenda o que eu digo irei fazer uma pequena estória...

"Certo dia no ano de 2006 alguém até então desconhecido entra em um veiculo de transporte publico e passa a vender autonomamente  balinhas deliciosas. Com um argumento direto e objetivo: -Bom dia pessoal, desculpe está interrompido a viagem de vocês, mas eu sou um ex-detento e como sai da prisão recentemente eu não tenho emprego e sustendo sozinho dois filhos pequenos, eu gostaria de que vocês me ajudassem comprando estas deliciosas balas supra-sumo, custa apenas $$ (não lembro bem o valor das balas)."

Vejam bem, isso em 2006!

Hoje as coisas ficaram um pouco diferente, é verdade, mudaram muito... PARA PIOR! Hoje são crianças que fazem esse trabalho "ilegal", creio que na faixa de 7 à 10 anos no máximo. Eu sinceramente fico indignado com isso, não sei por que ninguém entende isso como trabalho infantil. Tudo bem, preciso reorganizar minhas idéias...

Hoje são várias crianças que vendem essas balas, eu já presenciei várias vezes adulto ensinando a essas pobres crianças a venderam esses produtos. Denuncias já foram feitas e até agora NADA ACONTECE! Eu fico puto da vida com isso, mas fico mais triste porque nenhuma autoridade, nem mesmo o conselho tutelar toma alguma atitude, porque eles têm conhecimento sobre tal fato.

O mais interessante é que todas as crianças falam exatamente a mesma coisa, com a mesma pausa e vírgula quando vão vender essas balinhas. Realmente não entendo, o porque que o povo continua comprando essas balas, será que eles não percebem que estão alimentando um trabalho infantil? Será que não percebem que podem estar alimentando vício de usuários de drogas? Ou quem sabe mantendo o vício do álcool de certas pessoas que usam crianças para venderem essas balas, já que se elas vendessem ninguém sentiria pena delas e não compravam...

Seja lá quem estiver lendo esse post que na verdade é um desabafo. Se você mora em Aracaju e anda em um transporte público, por favor, NÃO COMPRA MAIS ESSAS BALAS NAS MÃOS DESTAS CRIANÇAS, SE VOCÊS PARAREM DE FAZER ISSO TODA ESSA REDE DE TRABLAHO INFANTIL ACABA! JÁ QUE NINGUÉM OLHA POR ESSAS CRIANÇAS VAMOS PARAR PARA PENSAR UM POUCO SOBRE ISSO E FAZER MUDAR ISSO...

2 comentários:

adriele disse...

É interessante como o capitalismo reina na mente das pessoas,deixa até crianças entregues a exploração ,visto que,alimentamo-as cada dia mais"

Wendell Alves disse...

Capitalismo só sobrevive por inercia

Postar um comentário

18/08/2010

Trabalho Infantil

Agora sim estou bem, com meu cafezinho de lado as coisas realmente melhoram...

Para quem mora em Aracaju sabe o que acontece na Avenida Barão de Maruim, eu estou falando dos vendedores de balinhas supra-sumo... Bom, até ai nada de mais, o que tem de mais vender balinhas supra-sumo. Pois bem, o que realmente é assustador é que CRIANÇAS, MUITAS CRIANÇAS vendem balinhas dentro dos ônibus. Para que você entenda o que eu digo irei fazer uma pequena estória...

"Certo dia no ano de 2006 alguém até então desconhecido entra em um veiculo de transporte publico e passa a vender autonomamente  balinhas deliciosas. Com um argumento direto e objetivo: -Bom dia pessoal, desculpe está interrompido a viagem de vocês, mas eu sou um ex-detento e como sai da prisão recentemente eu não tenho emprego e sustendo sozinho dois filhos pequenos, eu gostaria de que vocês me ajudassem comprando estas deliciosas balas supra-sumo, custa apenas $$ (não lembro bem o valor das balas)."

Vejam bem, isso em 2006!

Hoje as coisas ficaram um pouco diferente, é verdade, mudaram muito... PARA PIOR! Hoje são crianças que fazem esse trabalho "ilegal", creio que na faixa de 7 à 10 anos no máximo. Eu sinceramente fico indignado com isso, não sei por que ninguém entende isso como trabalho infantil. Tudo bem, preciso reorganizar minhas idéias...

Hoje são várias crianças que vendem essas balas, eu já presenciei várias vezes adulto ensinando a essas pobres crianças a venderam esses produtos. Denuncias já foram feitas e até agora NADA ACONTECE! Eu fico puto da vida com isso, mas fico mais triste porque nenhuma autoridade, nem mesmo o conselho tutelar toma alguma atitude, porque eles têm conhecimento sobre tal fato.

O mais interessante é que todas as crianças falam exatamente a mesma coisa, com a mesma pausa e vírgula quando vão vender essas balinhas. Realmente não entendo, o porque que o povo continua comprando essas balas, será que eles não percebem que estão alimentando um trabalho infantil? Será que não percebem que podem estar alimentando vício de usuários de drogas? Ou quem sabe mantendo o vício do álcool de certas pessoas que usam crianças para venderem essas balas, já que se elas vendessem ninguém sentiria pena delas e não compravam...

Seja lá quem estiver lendo esse post que na verdade é um desabafo. Se você mora em Aracaju e anda em um transporte público, por favor, NÃO COMPRA MAIS ESSAS BALAS NAS MÃOS DESTAS CRIANÇAS, SE VOCÊS PARAREM DE FAZER ISSO TODA ESSA REDE DE TRABLAHO INFANTIL ACABA! JÁ QUE NINGUÉM OLHA POR ESSAS CRIANÇAS VAMOS PARAR PARA PENSAR UM POUCO SOBRE ISSO E FAZER MUDAR ISSO...

2 comentários:

adriele disse...

É interessante como o capitalismo reina na mente das pessoas,deixa até crianças entregues a exploração ,visto que,alimentamo-as cada dia mais"

Wendell Alves disse...

Capitalismo só sobrevive por inercia

Postar um comentário